Sérgio Marcus P. Lopes

Sérgio Marcus P. Lopes

Sérgio Marcus Pinto Lopes nasceu em 15/03/1936 na cidade de Belo Horizonte/MG.

Sérgio Marcus é pastor metodista e professor. Concluiu em dezembro de 1960 o curso de bacharel em teologia na Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, hoje uma unidade da Universidade Metodista de São Paulo, UMESP. Foi ordenado pastor em janeiro de 1963. Posteriormente formou-se em pedagogia na mesma Universidade. Fez o seu mestrado em humanidades (concentração em educação e comunicação) em um programa conjunto do Garrett Theological Seminary e da Northwestern University, em Evanston, Ill, EUA. Doutorou-se em educação na Universidade Metodista de Piracicaba, UNIMEP, SP, onde lecionou Teologia e Cultura e onde serviu como diretor e vice-reitor acadêmico. Formou-se também como tradutor-intérprete pela Associação Alumni de São Paulo.

A maior parte das letras que escreveu surgiu durante o período em que trabalhou como Secretário Regional do Conselho Latino Americano de Igrejas, CLAI, para o Brasil, de 1983 a 1991. Sua preocupação com a renovação litúrgica das igrejas e com a questão social, vistas de uma perspectiva popular e ecumênica – em um tempo em que o sofrimento marcava fortemente os pobres e deserdados no continente – marcou basicamente os seus hinos, os quais giram em torno dos temas da fé e da esperança. Várias canções cristãs popularizadas na América Latina foram por ele traduzidas para o português.

Sua preocupação com as crianças se nota em canções produzidas em parceria com a professora Sheila Mattos Hussar e gravadas pelo Colégio Piracicabano, de Piracicaba, São Paulo.

Algumas das letras que escreveu foram selecionadas pelo Rev. Jaci Maraschin e incluídas na publicação O Novo Canto da Terra, por este editado. Não dá pra Dividir, uma das canções cuja letra e música foram por ele escritas, foi incluída no disco Revivendo, gravado pelos grupos Gente de Casa e Viva a Vida, depois regravado em CD

Teve outras canções gravadas em CD por grupos corais da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista.

Os temas da esperança e da perseverança estão presentes em canções escritas em parceria com a professora Liséte Espíndola. Como membro da Diretoria de Koinonia – Presença Ecumênica e Serviço ele escreveu também cânticos para serem usados em suas atividades. Sergio Marcus é casado com a pastora Zeni de Lima Soares, também autora de várias canções e hinos evangélicos, especialmente voltados para as crianças.

Sua primeira experiência como letrista para a música se deu ao escrever um hino para ser cantado em seu próprio casamento sobre a melodia Sanctuary of the Heart de Albert Ketèlbey.

Fonte: O Colaborador

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *