Tu me amas

HistóriaLetraInformações

Tu me Amas?

Letra: Claudete Brito
Música: Paulo César Brito

Paulo César Brito conta como ele e a sua esposa compuseram este hino, inspirados na história de Pedro, que recebeu de Deus uma segunda chance.

Este hino fala como Jesus insistiu com Pedro, quando o encontrou na praia, para que desse uma nova chance à sua vida, mesmo após ele o ter negado. E assim Jesus deu uma nova chance a Pedro. Esta é a beleza do Evangelho, que dá uma nova chance, mesmo àqueles que escorregam na sua vida cristã, pois são pecadores.

Paulo César nos conta que sua esposa entrou na sala com esta frase na sua cabeça: ‘Pedro, tu me amas? Pedro, tu me amas?’. Segundo ele, este tema entrou no seu coração, indo juntos ao piano, onde ele compôs a música. E assim, ela compôs a letra e ele a música.

Paulo César fala ainda como cada compositor compõe de uma forma diferente.  Uns já compõem a melodia e a letra juntas; outros compõem primeiro a música e depois colocam a letra em cima; outros ainda fazem o contrário, fazendo a letra e depois constroem a melodia em cima.

Depoimento: Paulo Cesar Brito
Transcrição:
Carmen Lício

© 2023 de Paulo Cesar Brito – Usado com permissão

Tu me Amas?

Letra: Claudete Brito
Música: Paulo César Brito

Pedro, tu me amas?
Pedro, tu me amas?
Nova chance te darei
Pedro, tu me amas?
Prova com tua vida;
Vem cuidar do povo meu

Lembra o mar que caminhamos?
Multidão que alimentamos?
Vidas que dá morte fiz surgir?
Pedro, seja sempre forte
Na perseguição ou morte,
Estarei contigo até o fim

Pedro, eu me lembro,
Estava junto à praia
Foi quando eu te escolhi.
Desde aquele dia
Fui te revelando
O que vim fazer aqui

Minha morte foi prevista;
Desde o início eu já  sabia,
Grão de trigo que se entregou
Multidões crerão um dia;
Serão como a pescaria.
Tu te espantarás
Com meu poder!

Venha, tu és livre
É só dar um passo
Quero que me siga já.
Onde quer que fores
Mesmo havendo dores
No teu coração irei morar.

Onde quer que fores
Mesmo havendo dores
No teu coração irei morar.

Minha morte foi prevista;
Desde o início eu já sabia,
Grão de trigo que se entregou
Multidões crerão um dia;
Serão como a pescaria,
Tu te espantarás
Com meu poder!

Venha, se me amas
E serei contigo
Como um Pedro podes ser.

Vem, quem quer que sejas,
Vem ser meu amigo,
Te revestirei do meu poder!

Vem, quem quer que sejas,
Vem ser meu amigo,
Te revestirei do meu poder!

Pedro, tu me amas?

Pedro,  tu me amas?

Tu me Amas?

Letra: Claudete Brito

Música: Paulo César Brito

Intérpretes:

  • Paulo Cesar Brito – CD Com Teus Olhos (Faixa 02)

Referência Bíblica: João 21:15-22

 

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *