Nossa História

Em abril de 2015, em uma conversa com alguns amigos músicos cristãos sobre Hinologia, chegamos à conclusão de que no Brasil há muito material produzido e, apesar de termos uma hinodia linda e muito vasta, pouco material catalogado e estudado existe efetivamente.

Sem sombra de dúvidas, o que me despertou para estudar hinologia foi o convívio familiar, pois grande parte da minha família frequentou uma igreja tradicional e participou na música coral. Cresci ouvindo hinos tradicionais que meus tios e avós cantavam do Hinário Salmos e hinos (elaborado pelo casal Kalley, em 1861). Lembro-me de, certa vez, ao ouvir a faixa Conta as bênçãos de um CD produzido pela Drª Dorotéa Kerr chamado Hinos da nossa história, minha avó Dalva, que sempre se emociona ao ouvir os hinos, contou-me: “Enquanto sua bisavó lavava roupa na pedra, ela sempre cantava esse hino. Nós participávamos do coro da igreja; não tinha muita gente, mas o coro tinha um som lindo e as pessoas andavam quilômetros para frequentar os ensaios, onde um maestro nos ensinava esses hinos e praticávamos durante o dia de labuta na roça. Eu cantava contralto, e lembro-me de alguns deles até hoje”.

Considero que meus ouvidos musicais para hinos foram abertos quando eu congregava na Igreja Cristã Maranata de Itapoã, em Vila Velha, no estado do Espírito Santo, nos anos de 1999 e 2000. O pastor da igreja, Jabes Victalino Teixeira Gueiros (sobrinho do hinógrafo Jerônimo Gueiros), que tem acurado gosto musical, apresentou à igreja hinos, como os do compositor português Sérgio Matos (A Deus seja o louvor, Ao que está no trono, dentre outros); Uma bela obra do compositor e pastor Everaldo Cavalcante Lima (Os céus proclamam a sua glória); outro boliviano muito poético chamado Cantarei ao amor dos amores, da autoria de Hugo Riquelme, tradução de Elizabeth Caballero e recentemente arranjado pelo maestro João Wilson Faustini. Cantávamos Deus dos antigos, Castelo forte, O estandarte desta igreja, Vem, visita a tua igreja e muitos outros “clássicos” nos cultos diários e dominicais.

Transcorridos quatorze anos, conheci a SOEMUS (Sociedade Evangélica de Música Sacra), em São Paulo, que tem como patrono o reverendo João Wilson Faustini e presidente Samuel Lourenço. A SOEMUS realiza, anualmente, seminários de Música e Adoração, onde assisti aulas com mestres, tais como: João Wilson Faustini, Luiz Otávio do Carmo, Márcio Lisboa, Parcival Módolo e Samuel Kerr, o que foi altamente enriquecedor para o meu currículo como músico.

É senso comum entre alguns músicos cristãos com quem tive a oportunidade de conversar e debater sobre a hinodia brasileira que, até então, não existe um local de estudo e divulgação de hinos no Brasil de forma abrangente e interdenominacional. Durante nossas conversas, eu pensava: ”Será que não existe nem um site, blog, boletim, uma revista?” Então, finalmente, cheguei à seguinte conclusão: “Dada a urgência dessa necessidade, o melhor a se fazer será um site, onde poderei reunir letras, partituras, áudios, artigos e históricos de hinos e compositores”. Tarefa difícil, pois será preciso ser neutro nas decisões e nunca considerar o gosto pessoal a frente de um trabalho como esse.

Em uma conversa com o maestro João Wilson Faustini surgiu a ideia de criar um site com as características citadas acima. Quando mencionei o nome Hinologia cristã, percebemos que ainda estava faltando algo e que o nome ainda não estava abrangente e de acordo com a proposta. O reverendo Faustini, como bom mestre que é, logo completou: Cantos da fé cristã!. Alguns amigos acreditaram nesse projeto emprestando seus talentos para que ele se tornasse uma realidade. A logomarca surgiu com a ajuda e criatividade de Magnus Carlos, seguido pelo competente web designer Tiago Rigo Thompson, quem administra a estrutura e funcionalidade do site.

Tenho tido a honra de me encontrar com alguns dos colaboradores desse site esporadicamente para discutir, criar e projetar.

Um companheiro de muitos embates, tira dúvidas, conselheiro e amigo que posso citar como um dos grandes ajudadores desse projeto é o pr. Jordilton Braga (Conheço-o desde meus 15 anos, quando me batizou). Em todo tempo sempre me deu apoio e me ajudou a enxergar o melhor caminho a seguir.

É com muita honra e humildade que apresento aos músicos cristãos, pastores e líderes de nossas igrejas o site Hinologia cristã: Cantos da fé cristã, surgido de uma pequena e fértil semente plantada no seio familiar e fundamentada pelos ensinamentos dos mestres que tenho encontrado ao longo da minha jornada cristã musical.

“A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração.”

Colossenses 3.16

A Deus toda honra e glória e que faça germinar no coração de outros a mensagem contida em nossos hinos como meio de propagação do Evangelho de Cristo.

Robson José dos Santos Junior, Idealizador

Revisão de Leila Gusmão