Rosa de Judá

HistóriaLetraInformaçõesRecursos e Partituras

Rosa de Judá

Letra: Carlos Nejar, 1988
Música: Elza Nejar, 1988

Acerca desta linda letra, baseada em Cantares de Salomão, nos conta o poeta Carlos Nejar:

O hino a “Rosa de Judá” nasceu logo depois que Elza e eu casamos, em janeiro de 1988, quando morávamos em Vitória, Espírito Santo. Elza tocava piano e já possuía a música e eu, por inspiração do Senhor, escrevi a letra. Vimos que misteriosamente letra e música se uniam. Ajudava, como obreiro,  o Pr. Adhemar Hugo Rosa, na Igreja Cristã Maranata de Andorinhas. Foi ele que gravou o hino e começou a ser cantado, com alegria, pelo povo.”[1]

Luiz Carlos Verzoni Nejar nasceu em 11/01/1939 na Cidade de Porto Alegre/RS. Nejar é Poeta, Ficcionista, Tradutor e Crítico Literário Brasileiro, membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) e Academia Brasileira de Filosofia (ABF). Atualmente reside no Rio de Janeiro/RJ.

A compositora da melodia, Elza Griffo Almeida Nejar nasceu em 15/07/1943 na Cidade de Vitória/ES. Cursou a Escola de Música de Vitória, até o quarto ano. Tocou piano e órgão em igreja evangélica. Advogada da Empresa Escelsa na Capital do Espírito Santo, onde se aposentou.[2]

Robson Junior

[1] NEJAR, Luiz Carlos V. Rosa de Judá. Mensagem recebida por <robsonjosesantosjunior@gmail.com> em 22 out 2017.

[2] NEJAR, Luiz Carlos V. Hinos – Carlos Nejar. Mensagem recebida por <robsonjosesantsojunior@gmail.com> em 03 abr 2018.

Rosa de Judá

Letra: Carlos Nejar, 1988
Música: Elza Nejar, 1988

Há uma rosa amada,
Rosa de Judá,
Que venceu a morte,
Sempre a vencerá

Coro
Teu fogo liberta,
Teu amor floresce;
Reina em nós, governa,
Vem rosa celeste!

Rosa do Deus forte,
Rosa Eternidade,
Sobre reis e povos,
Seja a Tua vontade.

Na treva se abre:
Plena luz se faz,
Rosa que nos cobre
Com sua clara paz.

Rosa que nos salva,
Rosa que virá
Levar sua Igreja,
Nos arrebatar.

Rosa de Judá

Letra: Carlos Nejar (1939)

Música: Elza Nejar (1943)

Data da Letra: 1988

Data da música: 1988

Primeira linha da primeira estrofe: Há uma rosa amada,

Primeira linha do estribilho: Teu fogo liberta,

Fonte original: Os autores

Referências Bíblicas: Cantares de Salomão 2.1

Arranjadores: Marcio Lisboa, 2018

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *