Jesus, o bom Pastor

MemóriasLetraInformaçõesRecursos e Partituras

Jesus, o bom pastor – Autor anônimo desconhecido

Corria o ano de 1954. Família vinda de São João  da Boa Vista. Gente simples, pai cigano, mãe italiana, e filhos todos brasileiros, nascidos em locais e estados diferentes, como convém aos ciganos. Chegamos em São Paulo, onde fixamos residência, e o cigano, já presbítero das Assembleias de Deus, foi congregar na igreja do Bairro Moinho Velho, onde íamos todos os Domingos aos cultos.

Igreja distante, e por falta de transporte, íamos à pé ao culto. Ao longe já se ouvia o sistema de alto-falantes da igreja tocando hinos de vinil, 78 RPM, dos cantores existentes na época, entre eles, Carlos René Egg, parente do Maestro João Wilson Faustini. Carlos René Egg era membro da Igreja Presbiteriana Independente, paranaense que foi deputado federal por São Paulo, era um dos mais profícuos cantores evangélicos da época, e um dos hinos que ele cantava, e que me marcou profundamente, era “JESUS, O BOM PASTOR”, cantado em dueto com a voz feminina de Martha Faustini, não menos bela que a voz de Carlos René.

Criança, ouvia a canção e a guardei em meu interior, passados uns 55 anos, comprei num sebo, um hinário antigo da Igreja Menonita, e lá estava este belo hino, porém eu ainda não sabia quem era o cantor. No último seminário de música, em 2014, na Catedral Evangélica de São Paulo, vi, à venda um CD de Carlos René Egg, o qual comprei de imediato, visto que eram hinos de bom gosto, e para surpresa minha, descobri quem era o dono daquela maviosa voz que havia ficado gravada em meu coração: CARLOS RENNE EGG!

Paulo Tomchaca

Jesus, o bom pastor – Autor anônimo desconhecido

Jesus, o bom pastor, seguiu-me com grande amor.
E do abismo me livrou. Ele estendeu-me a mão,
Guiou-me na escuridão, à luz do seu divino amor.

Estribilho
Querido Salvador, o Teu imenso amor
Enche meu coração de gratidão.
Eu só não posso andar, vem me, Senhor, guiar
Com Tua Santa mão, à celestial mansão.

Estando com Jesus, cercado por Sua luz.
O mundo perde atração, jamais vou me importar.
Se o mundo me desprezar, pois Cristo é todo o meu prazer.

Sei que no santo lar, pra sempre vou descansar.
E com Jesus lá estarei, qual digno vencedor
Aos pés do meu Salvador. Prazer infinito gozarei.

Jesus, o bom pastor – Autor anônimo desconhecido

Letra: Autor anônimo desconhecido

Métrica: Irregular

Música: Autor anônimo desconhecido

Arranjo: Arranjador anônimo desconhecido

Primeira linha da primeira estrofe: Jesus, o bom pastor, seguiu-me com grande amor

Primeira linha do estribilho: Querido Salvador, o Teu imenso amor

Fonte original: Louvor Vivo, 1989 – Gleen Musselman – Livraria Cristã Unida – Associação Evangélica Menonita

Álbuns:

  • LP Jardim de Oração – Carlos René Egg, SOEMUS, 2004 (Originais Históricos Remasterizados). (Faixa 08)

Referência Bíblica: João 10:14

Áudio: LP Jardim de Oração – Carlos René Egg, SOEMUS, 2004 (Originais Históricos Remasterizados). – Usado com permissão

Você pode gostar...