O Hino Missionário de Isaac Watts – Rolando de Nassau

(Em comemoração do 268º. aniversário do falecimento de Watts)

Especial  para “Hinologia Cristã”

Isaac Watts (1674-1748), considerado por vários estudiosos como “o pai da hinodia inglesa”, foi um educador brilhante, um poeta insinuante e um hinólogo prolífico; é devidamente lembrado por seus hinos “Joy to the world” (Salmo 98) e “Jesus shall reign” (Salmo 72). Na opinião do crítico musical Erik Routley, Watts foi “o libertador do hino inglês”.

Além de elaborar o primeiro hinário para crianças, ele, ao escrever “Jesus shall reign” (Jesus reinará), o primeiro hino missionário, décadas antes do movimento expansionista das igrejas evangélicas (isto é, evangelizadoras), revelou-se um hino grafo à frente do seu tempo; em 1792 foi fundada a primeira sociedade missionária; somente no século 19 foi organizado o trabalho missionário com alcance internacional.

“Jesus shall reign” consta de sua coletânea “Psalms of David, Imitated in the Language of the New Testament” (Salmos de Daví, imitados na linguagem do Novo Testamento), de 1719. Seu texto completo compreende 14 estrofes! Nos hinários atuais figuram apenas as estrofes 1ª., 4ª., 5ª. e 8ª.

Embora tenha sido um dos mais antigos hinos sobre Missões, raramente foi aproveitado nos hinários do século 18.

A “Baptist Psalmody” (Salmodia Batista), publicada em 1850, pelos Batistas do Sul dos EUA, incluiu este hino.

A melodia do hino, intitulada “Duke Street” (1805), foi atribuída a John Hatton (1710-1793).

Em 1862, o hino de Watts foi cantado por tribos indígenas, nas ilhas de Tonga, Fiji e Samoa (Oceano Pacífico), evangelizadas pelos Metodistas.

O hino é encontrado nos seguintes hinários:

“Seja louvado” (1972), no. 278; trad. J. W. Faustini (1958); “Baptist Hymnal” (1975), no. 282; “Hinário Evangélico” (1978), no. 499, adapt. S. P. Kalley; “The Hymnal” (1982), no. 544; “Hinário para o Culto Cristão” (1990), no. 197; trad. Werner Kaschel, 1990); “The Baptist Hymnal” (1991), no. 587.

“JESUS SHALL REIGN”

Jesus shall reign where’er the sun
Does its successive journeys run;
His kingdom spread from shore to shore,
Till moons shall wax and wane no more.

To Him shall endless pray’r be made,
And endless praises crown His head;
His name like sweet perfume shall rise
With ev’ry morning sacrifice.

People and realms of ev’ry tongue
Dwell on His love with sweetest song.
And infant voices shall proclaim
Their early blessings on His name.

Let  ev’ry creature rise and bring
Honor and glory to our King;
Angels descend with songs again,
And Earth repeat the loud “Amem”!

Nossa tradução (2006) é a seguinte:

1.Jesus reinará por onde o Sol faz suas sucessivas jornadas;
Seu Reino se espalhará de uma a outra praia;
Até que a Lua não mais aumente e diminua.

2.A Ele serão dirigidas orações infinitas, e louvores infindáveis
coroarão Sua cabeça;
Seu nome, como doce perfume, será exaltado a cada culto matinal.

3.Povos e reinos de todas as línguas com seu amor demorar-se-ão na mais doce canção,
e vozes infantis proclamarão suas bênçãos precoces ao Seu nome.

4.Que cada criatura se levante e dê honra e glória ao nosso Rei;
e anjos desçam novamente com cânticos,e a terra repita em alta voz: “Amém!”.

Rolando de Nassau.

Brasília, DF, 25 de novembro de 2016.

© 2016 de Rolando de Nassau – Usado com permissão

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *