Páscoa (Simei Monteiro)

HistóriaLetraInformaçõesRecursos e Partituras

Páscoa

Letra e Música: Simei Monteiro, 2015 / 2017

A alegria da Páscoa sempre nos anima a compor ou escrever hinos. São muitos autores que, inspirados por essa festa da vida, a celebração da nova vida em Cristo Jesus, compõem um hino ou escrevem um poema.

A expressão: “Cristo ressuscitou!” era a saudação diária entre os seguidores de Jesus dos primeiros séculos. A resposta era: “Verdadeiramente, ressuscitou, aleluia!”.

Parece que o relato da aparição a Simão, em Lucas 24:34, transforma-se em alegre notícia e afirmação da fé cristã, não apenas para aquele pequeno número de seguidores de Jesus, mas também para os que, através do testemunho deles, abraçaram a fé cristã.

Usar essa saudação era e ainda pode ser muito mais do que desejar um “bom dia!”.  “Cristo ressuscitou!” expressa nossa alegria de que a morte não detém a última palavra. Podemos gritar desafiadoramente:

Onde está, ó Morte, a tua vitória? Onde está, ó Morte, o teu aguilhão?”(I Cor.15:55)

Ao exclamar “Cristo ressuscitou!” afirmamos e compartilhamos esse desejo de nova vida aqui e agora bem como a certeza da vida eterna; um presente divino para o mundo!

Ao escrever o texto deste hino pensei no significado da proclamação dessas boas novas para o mundo inteiro. É a fé na ressurreição que traz esperança para este mundo agonizante!

Precisamos de ressurreição. Para isso os poderes que regem este mundo precisam ser dominados pelo poder do amor de Deus em Cristo que nos reconcilia e nos faz habitar em paz!

A música começa como uma narrativa que vai se expandindo em crescendo até o convite para que o mundo inteiro , os povos da terra cantem a nova canção da liberdade em Cristo Jesus, o ressuscitado!

O ritmo é em ostinato; um motivo ou frase musical que é persistentemente repetido.  A ideia repetida pode ser um padrão rítmico, parte de uma melodia ou uma melodia completa. Esse padrão insistente também significa que estamos afirmando e reafirmando nossa fé na ressurreição.

A melodia tem seu contorno inspirado em nossa música brasileira nordestina.  Usamos padrões simples e repetitivos e a harmonia também segue esse esquema. O arranjo de Marcio Roberto Lisboa, permite usar a percussão na música do culto como elemento participante do conteúdo melódico.

Celebremos a Páscoa com alegria!

Simei Monteiro

Páscoa

Letra e Música: Simei Monteiro, 2015 / 2017

Buscaram Cristo na tumba, o morto,
mulheres e homens chorando em vão;
e ainda choram, sem perceber,
que não têm vida nem salvação.

Estribilho:
Cantai, ó povos, nova canção,
Cristo já vive, ressuscitou!
Cantai, ó povos, nova canção,
Cristo já vive, ressuscitou!
Ressuscitou, ressuscitou, ressuscitou!

Mas eis que surge do vendaval,
vencendo a fome e a desilusão,
o novo  povo pra construir
um mundo novo para habitar!

Que morram todas as opressões:
não mais a morte, não mais a dor!
O Cristo vivo já vive em nós,
transforma a história e dá-nos paz!

Páscoa

Letra e Música: Simei Monteiro (1943)

Data da composição: 2015 / 2017

Título Original: “Páscoa”

Primeira linha: Buscaram Cristo na tumba, o morto,

Primeira linha do estribilho: Cantai, ó povos, nova canção

Referência Bíblica: I Cor.15:55

Arranjadores: Marcio Lisboa, 2017

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *