Gato preto em campo de neve – Bill H. Ichter

Rev. João Wilson Faustini

Não sei se o nosso personagem de hoje está passando pelas mesmas experiências interessantes do escritor gaúcho Érico Veríssimo, mas o fato é que ele está marcando a sua presença na outra América.

Continuando a nossa série de artigos sobre vultos da música sacra evangélica no Brasil, não poderíamos deixar de trazer à nossa relação com o jovem presbiteriano JOÃO WILSON FAUSTINI.

Ele é muito bem conhecido no meio batista, através de sua coleção (4 volumes) de música sacra para coro misto – “Os céus proclamam”.

Foi preletor visitante em duas ocasiões no Seminário Teológico Batista do Norte do Brasil, em Recife, e também no Seminário do Sul, no Rio de Janeiro.

Foi o organizador do Coral da Cruzada de Billy Graham, em São Paulo, e o principal responsável pelo Hinário do Coral daquela Cruzada.

JOÃO WILSON FAUSTINI nasceu em 20 de novembro de 1931, na cidade de Bariri, Estado de São Paulo. O seu pai, José Faustini (casado com Ana Zamboni), era dentista.

JOÃO WILSON FAUSTINI estudou no Ginásio Estadual do Móoca, em São Paulo. Desde cedo, mostrou-se atraído pela música. Aos 13 anos, sentiu-se chamado para o trabalho na Igreja e, desde esta época, quando começou a ser o organista, tem estado intimamente ligado ao setor de música sacra.

Em 1948, matriculou-se no Instituto José Manoel da Conceição, em Jandira, São Paulo, e durante a sua permanência aí, de três anos, começou a desenvolver um intenso programa de atividades musicais dentro de sua denominação.

Em 1951, recebeu uma bolsa de estudos no famoso “Westminster Choir College”, dirigido, naquela época, pelo mundialmente famoso Maestro João Finley Williamson. Depois de formar-se (em 1955), recebendo o grau de “Bacharel em Música”, FAUSTINI voltou ao Instituto José Manoel da Conceição, mas, desta vez, como membro do corpo docente. Durante nove anos, na posição de professor desta Instituição, serviu também como regente do coro do Seminário Presbiteriano Independente de São Paulo, e regente dos coros (crianças, jovens e adultos) da Primeira Igreja Presbiteriana Independente de São Paulo. Este coral sob a sua regência, apresentou-se em vários programas, acompanhado por orquestra de câmara.

FAUSTINI, por várias vezes, apareceu como solista nos programas da “Sociedade Bach”, de São Paulo, e no “Conjunto Coral de Câmara”, no mesmo Estado.

Por sete anos, organizou festivais de coros em São Paulo, e liderou as Caravanas Musicais do Instituto José Manoel da Conceição.

Casado com Queila Costa Faustini (professora de piano e excelente contralto solista), tem três crianças: Davi (8 anos), Válter (6), e Paulo (2).

Além da publicação dos 4 volumes de “Os Céus Proclamam”, através dos quais o nome FAUSTINI tem sido bem divulgado no meio batista, ele é autor de 14 números avulsos.

Tradutor incansável, tem traduzido mais de 90 hinos para publicação. No setor de gravação, também tem feito excelente trabalho.

Em 1965, a família foi à América do Norte, onde Faustini está fazendo o curso de “Mestre em Música”, no mesmo “Westminster Choir College”, onde recebeu o grau de bacharel. Enquanto isso, ele é organista e regente do coro da “Sant Paul’s Presbiterian Church”, em Newark, New Jersey. Ele tem um coro em língua inglesa e outro em língua portuguesa. Os dois coros já se uniram em várias oportunidades para a apresentação de programas especiais de Natal.

Temos em mãos o programa dum recital de canto apresentado em junho de 1965, na igreja acima citada, pelo casal Faustini e mais outra brasileira, Alzira Val (membro do coral “Madrigal Renascentista”, de Minas Gerais), que estuda, atualmente, nos Estados Unidos.

O “gato preto em campo de neve” com certeza terá muitas aventuras a contar depois de sua volta, mas, enquanto lá estuda, vai divulgando a cultura brasileira.

Bill H. Ichter

“Publicado originalmente em: “O Jornal Batista”, Ed. 43 , Outubro 1966, pág. 5 – “Coluna Canto Musical”
© 1966 de Bill H. Ichter – Usado com permissão

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *