Vem, derrama a paz

HistóriaLetraInformaçõesRecursos e Partituras

Vem, derrama a paz

Letra e Música: Carlos Sider, 1979

Certo domingo, em 1979, quando eu tinha meus 20 anos, era minha escala de tocar piano no culto das crianças da minha igreja (na época, Batista Paulistana, em SP). Antes do culto começar, como é mania de quem toca, fiquei batucando coisas no piano. F… Fsus… F… Am… e começou a sair a melodia. Quase junto com a melodia vieram as primeiras frases (o final veio depois, em casa).

Entretanto, como outras que vem e vão, esta música ficou sem uso por 10 anos, por eu achá-la simples demais e parecida com outras que já tinha ouvido (mania de quem compõe… sempre achamos que estamos plagiando alguém).

Estávamos em 1989 gravando o Fruto de Vida. Uma das músicas que havia sido selecionada pra ser gravada simplesmente “não acontecia”. O arranjo estava sem graça, ninguém estava satisfeito, e tínhamos prazo pra terminar o disco. Conclusão: tirei esta música do armário, e a gravamos no lugar da outra.

Esta é, provavelmente, minha música mais tocada por aí. Como diz o Rehder, virou música oficial de fim de culto em muitas igrejas. Mas eu continuo achando que é simples demais, e tentando achar de que música mesmo ela é parecida.

Mas Deus tem me ensinado, também desta forma, como os pensamentos dEle não são como os nossos pensamentos, e os caminhos dEle não tem nada a ver com os nossos caminhos.

A letra da segunda estrofe foi feita em 2003 quando a regravei, pois sempre achei a música muito simples e curta.

Carlos Sider

 

Vem, derrama a paz

Letra e Música: Carlos Sider, 1979

Vem, derrama a paz,
Vem, derrama as bênçãos
Sobre este povo
Que se chama povo teu;

Dá-nos teu amor, dá-nos tua força
Pra que tentações
Não venham a nos desviar.

E a glória seja dada a ti
Pelo que tens feito,
Pelo que tens sido,
Pelo que farás em nós.

Instrumental

Temos visto a paz,
Temos visto as bênçãos
Sendo deste povo transformado
Em povo teu.

Dá-nos mais fervor, dá-nos mais Tua força
Pra que gerações Teu nome possam encontrar.

E assim nós damos glória a ti
Pelo que tens feito,
Pelo que tens sido,
Pelo que farás em nós.

Final: Pelo que farás em nós.

Vem, derrama a paz 

Letra e Música: Carlos Sider (1959)

Data da composição: 1979

Título original: “Vem, derrama  a paz”

Primeira linha da primeira estrofe: Vem, derrama a paz

Álbuns: 

  • LP Frutos de Vida (I), Carlos Sider, 1989. (Faixa 10)
  • CD Quando é Deus quem faz, Carlos Sider, 2003. (Faixa 13)

Referência Bíblica: João 14:27

Arranjadores: Marcio Lisboa, 2017.
Ricardo Russo, 2017.

Áudio: LP – Frutos de Vida (I), Carlos Sider, 1989. (Faixa 10) – Usado com permissão

Você pode gostar...