Como Ensinar Um Novo Hino à Congregação – David Hodges

  • Aprender bem o novo hino a ser ensinado. O regente e todos os instrumentistas devem ensaiá-lo várias vezes antes de levá-lo para a congregação. Conhecendo bem a música e sua letra dará mais confiança, o grupo sentirá mais segurança e a aprendizagem irá mais facilmente.
  • Dar ao povo, no mínimo, a letra do hino; se for possível, fornecer a linha melódica também, ou na tela ou numa folha extra. Isto reduzirá o tempo de aprendizado e facilitará o ensino. Ter devido cuidado se a música for protegida por direitos autorais.
  • Uma breve introdução do hino, falando do seu tema, da sua mensagem ou da sua história, pode ser útil, mas deve ser lembrado que o canto do hino é que deve receber o destaque maior.
  • Em diversos momento, durante de um período de várias semanas, deixar a congregação familiarizar-se com a nova melodia. Por exemplo:
    a) Tocar no culto o novo hino como prelúdio, poslúdio, ou outro momento musical.
    b) Usar o hino como música especial pelo coro, solista ou outro conjunto.
    c) Se achar a música gravada (na Internet, por exemplo), aproveitar este recurso. Mas tal reprodução deve ser de boa qualidade.
  • Se o estribilho (coro, refrão) estiver completo em si mesmo, ele pode ser aprendido primeiro. Depois, quando o hino completo for apresentado, as pessoas já conhecerão uma parte dele, aprendendo-o mais rapidamente e com mais vontade.
  • O coro da igreja é um recurso de alto valor no ensino de um novo hino. Os coristas, após terem ensaiado várias vezes, ajudarão as outras pessoas a aprender o hino.
  • É sempre mais fácil ensinar um novo hino a grupos menores de pessoas. Procure ensinar a música desconhecida a uma classe da EBD ou da Escola de Treinamento, à mocidade, etc, antes de apresentá-la a toda a igreja.
  • Há oportunidades além do culto nas quais podem ser ensinado um novo hino: em retiros espirituais, nas reuniões em casa, nos cultos de oração, etc.
  • Finalmente, é de se lembrar que a congregação não é um coro treinado. Ela aprenderá melhor e em menos tempo um hino mais simples, com melodia agradável e sem ritmo complexo. Por outro lado, a maioria das pessoas pode aprender qualquer música se o regente usar sua criatividade e não perder a paciência.

David Hodges

© 2018 de David Hodges – Usado com permissão
Extraído do Hinário: “Sete Hinos Congregacionais para a Igreja de Hoje” e atualizado em 2018

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *