Zilá Benevenuto

Biografia

Zilá Benevenuto (1932-2021)

Zilá Benevenuto

Zilá Rodrigues Alves Benevenuto nasceu em 17 de outubro de 1932 na cidade de São Carlos/SP. Musicista, compositora de hinos e canções, autora de livros e regente, professora e educadora, como ela mesma contava, sua maior alegria era fazer as pessoas cantarem!  “Cantar o amor de Deus, nosso Pai.”

Zilá ainda muito pequena foi morar em Jaú/SP com seus pais, Luis Rodrigues Alves e Noemi Bizarro Rodrigues Alves, ele pastor e professor, e sua mãe musicista.

Foi aluna de piano do professor Paulo Herculano.

Participou desde muito jovem como regente de Corais de crianças na Igreja Presbiteriana de Jaú e também na Escola Industrial. Estudou Canto Orfeônico na PUC, em Campinas/SP. 

Logo que casou-se com o reverendo Matheus Benevenuto Júnior, em 1957, mudou-se para São Paulo, onde os dois realizavam trabalho missionário entre os operários da região de Vila Anastácio, onde organizou um coral de adultos.

Morando em Sorocaba desde 1958, quando seu esposo assumiu o pastorado da Igreja Presbiteriana, realizou importante trabalho de difusão da música sacra de boa qualidade através dos corais de crianças, jovens e adultos.

Regeu por mais de 35 anos o Coral Zacarias de Miranda, Coral centenário que faz parte da história da música sacra no Brasil. Durante muitos anos teve como organista e pianista de seus corais o organista Nelson Silva, que participava da comunidade em Sorocaba. Estudou Música Sacra com o maestro e reverendo João Wilson Faustini, no Seminário de Música da 1ª Igreja Presbiteriana Independente de São Paulo.

Zilá Benevenuto e Ruy Wanderley

Ainda em Sorocaba, trabalhou como professora de música em várias escolas, principalmente na Escola Estadual Júlio Prestes de Albuquerque (“Estadão”), onde durante todos os anos participava com o coral de alunos das festas e comemorações e no Conservatório Musical João Baptista Julião. Trabalhou com professores dos Corais das Escolas de Sorocaba e Região durante o Projeto Estadual denominado “Movimento Coral”, visitando escolas e ministrando cursos aos professores de música.

Tem dois livros lançados para coral infantil, “Cantar é Preciso” e “Sorocaba enCanta”, este último alusivo à cidade de Sorocaba visando trazer o espírito de cidadania através da música e do canto coral.

Suas composições incluem peças para coro misto, coral infantil e hinos congregacionais. Compôs o hino para as comemorações do centenário da Igreja Presbiteriana de Sorocaba (1969).

Tem dois hinos publicados por João Wilson Faustini nas coleções OS CÉUS PROCLAMAM vol. 4 (Minha Alma Suspira) e ECOS DE LOUVOR vol. 6 (Que é o Natal?)

Teve o hino “GRATIDÃO” gravado pelo Grande Coral Evangélico no CD “Hinos da Nossa História II”.

Membro do Instituto Histórico e Geográfico de Sorocaba, realizou pesquisa sobre o trabalho do pastor e músico Rev. Zacharias de Miranda. Também recebeu título de Cidadã Sorocabana em reconhecimento pelo seu trabalho na cidade.

Zilá regeu o coral do Hospital Evangélico, organizado por ela, que realiza trabalho de capelania, cantando para os doentes ali internados e fazendo apresentações em concertos e igrejas de Sorocaba. 

Faleceu no dia 22 de outubro de 2021.

Texto: Noemi Benevenuto

Colaboração/Compilação: Luiz Otávio do Carmo e Nelson Silva

© 2022 da Família Benevenuto – Usado com permissão

(1932-2021)

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Noemi BENEVENUTO Fontāo disse:

    Obrigada a todos pelo carinho, respeito em memória da mamãe!Robson José dos Santos Júnior, Nelson Silva e Luiz Otávio!
    Emocionante o que vocês escreveram!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.