Elevarei Os Olhos Meus

HistóriaLetraInformaçõesRecursos e Partituras

Elevarei os Olhos Meus – (Ich heb mein Augen sehnlich auf)

Letra: Cornelius Becker (1561–1604), 1602
Tradução: Ruy Wanderley, 1970
Músicas: 1.ª Heinrich Schütz (1585-1672)
2.ª Wellington Costa, 2018

Heinrich Schütz (1585-1672) é um dos maiores compositores alemães do início do barroco, dedicado especialmente à música sacra.  Estudou na Itália  com os Gabrieli e com Monteverdi,  trazendo muitas das novidades para a Alemanha, onde trabalhos em Dresden, por muitos anos.  Sua obra sacra inclui Motetos, Cantatas, Oratórios, Salmos e muito hinos.

Elevarei os olhos meus – Schutz

Cornelius Becker (1561-1604) foi teólogo e poeta luterano, professor na Universidade de Leipzig.  Metrificou  muitos  Salmos para se tornarem hinos luteranos, inclusive este Salmo 121, “Ich heb mein Augen sehnlich auf”.[1]

Este belo hino encorajador, é um dos Salmos mais conhecidos e amados pelo povo de Deus através dos séculos. Se relaciona aos peregrinos que se aproximavam de Jerusalém, buscando esperança, enquanto rogavam por socorro no meio de situações e condições adversas.

Cheios de ansiedades e temores, aqueles peregrinos não podiam apenas pensar nas tribulações terrenas que contemplavam no dia a dia ao seu redor. Era necessário que olhassem para cima, bem além de qualquer perigo imediato, ou mero obstáculo na jornada diária!

Enquanto procuravam socorro concreto, sem saber de onde tal ajuda viria, esses peregrinos reconhecem a única solução possível. Somente o Deus Criador lhes poderia amparar no meio dos perigos e temores que lhes assombravam.

Elevarei os olhos meus – (AMPARO)

Em vez de contemplarem apenas as realidades adversas do momento, eles tinham algo mais encorajador para considerar, e totalmente satisfatório para amenizar o sofrimento momentâneo, bem como encontrar alento permanente que não haviam reconhecido – erguer os olhos para as alturas, de onde alivio podia ser encontrado (vs. 1-2), pois Deus habita nos altos céus!

Só assim podiam reconhecer que nada nesta vida e impossível para o Deus que fez os céus e a terra; Aquele que nunca dorme nem cochila (vs.3-4); o Todo-Poderoso que se mantém pessoalmente interessado no povo que Ele escolheu, com quem Ele caminha lado a lado, sempre os protegendo da derrota final (vs.5-6).

Esse Deus vivo e verdadeiro nunca que encontra distante dos Seus, mas os acolhe e os protege contra o mal que existe abundantemente na terra dos viventes (vs.7). Isto Ele realiza para o Seu povo na totalidade, bem como a cada um dos Seus amados individualmente (vs.7-8).

O que foi realidade para o povo de Deus no passado, continua a ser a certeza inabalável dos Seus remidos em qualquer geração, onde quer que se encontrarem no mundo, e sejam quais forem as circunstâncias que tenham de confrontar (v.8). Isto inclui a todos nos que O seguimos, em dependência total a Sua graça e misericórdia![2]

Este hino encontra-se no Hinário Cantai Todos os Povos (CTP) da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil, sob o número 166. O compositor Wellington Costa fez uma segunda música para esta letra em 2018.

Dr. Synesio Lyra, Jr.

[1] Nota histórica extraída do Hinário “Novo Cântico”, primeira edição com música, Casa Editora Presbiteriana, São Paulo, 1991.

[2] LYRA Jr, Synesio. Salmo 121 Mensagem recebida por <robsonjosesantosjunior@gmail.com> em 09 ago 2017.

Elevarei os Olhos Meus

Letra: Cornelius Becker (1561–1604), 1602
Tradução: Ruy Wanderley, 1970
Músicas: 1.ª Heinrich Schütz (1585-1672)
2.ª Wellington Costa, 2018

1.Elevarei os olhos meus
além dos montes, para os céus
Ó quando, meu Senhor,
virás trazer-me tua paz?

2.O meu socorro vem de Deus,
autor e Rei da terra e céus,
Receberei de sua mão
amparo, força e proteção.

Elevarei os Olhos Meus

Letra: Cornelius Becker (1561–1604)

Data da Letra: 1602

Título Original: Ich heb mein Augen sehnlich auf

Tradução: Ruy Wanderley

Data da Tradução: 1970

1.ª Música: Heinrich Schütz (1585-1672)

2.ª Música: Wellington Costa (1988) AMPARO Data da música: 2018
Harmonização: João Wilson Faustini (1931)

Hinários: Cantai Todos os Povos – CTP – n.º 166

Fonte Original: Os autores

Referência Bíblia: Salmo 121

Harmonizadores: João Wilson Faustini, 2018.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *