Juliana Resende

Juliana Resende

Juliana Resende Peçanha nasceu em 29/04/1977 na Cidade de Vila Velha/ES.

Filha de Juraci Resende Peçanha e Salvador Peçanha Filho. Neta de Albertino Alves de Rezende e Maria Rita de Assis / Salvador Peçanha e Hulda Pinudo Peçanha.

Foi membro da Igreja Batista Monte Sinai, em Jaburuna, Vila Velha-ES, onde foi apresentada ao Senhor. Foi para a Igreja Cristã Maranata (ICM – Vila Velha 1) por volta dos 3 anos de idade, depois para ICM – Glória 2, e voltou para Vila Velha 1, aos 7 anos de idade.

Formada em Língua Inglesa e Literatura da Língua Inglesa (Letras/Inglês) pela Universidade Federal do Espirito Santo (UFES) em 25/09/1999. Deu aula de inglês em várias escolas e atualmente trabalha coordenando a equipe de tradutores voluntários da Rádio Maanaim.

Na Igreja de Glória 2 foi ovelha dos pastores Jairo Gomes Coelho e Mauro Rodrigues da Costa. Em Vila Velha 1 teve pastores como Amadeu Loureiro Lopes (que a batizou no dia 26/12/1993 – com 16 anos); Fabio Rangel; Diniz Cypreste; Forland Almeida e Josias Rocha da Silva Junior. Em Vila Velha 1 teve o prazer de conhecer pioneiros como Sr. Abílio Gueiros e Sara Gueiros, (Pais do Pr. Gedelti Gueiros), D. Catolina (mãe de Pr. Mauro); Sr. Alcari Simões (sogro do Pr. Amadeu Loureiro Lopes); Pr. Edward Hemming Dodd (morava no Rio de Janeiro e sempre visitava Vila Velha 1).

Sempre amou louvar ao Senhor, cantava no grupo de crianças e depois fez parte do grupo de adolescentes que cantou no Maanaim de Domingos Martins (Local de Encontros e Reuniões da Igreja Cristã Maranata) em 1994. Toca flauta e faz aula de canto a 7 anos. Conheceu a maestrina Lusalva Santos e a pianista Janne Gonçalves, quando as duas ensaiaram o Grupo de Louvor de Vila Velha 1 (em períodos diferentes) estreitando a amizade com elas. Canta no Grupo de Louvor de sua igreja e no Grupo de Aperfeiçoamento do Louvor (GAL), sob direção da pianista Janne Gonçalves.

A herança musical é de família, pois seu avô, que era barítono, cantava no coral da igreja Batista da Glória (cantava desde o baixo profundo, ao tenor mais agudo) e tocava diversos instrumentos, de ouvido, sem nunca ter feito uma aula de música; Seus pais também cantaram no coral da Igreja Batista da Glória, em Vila Velha e depois em Vila Zath – SP (a mãe, mezzo-soprano, e o pai, baixo); seu pai fez parte de dois quartetos masculinos (um com seus amigos, outro com os primos Josias, Josemir e Gessé).

Conheceu os compositores Débora e Betinho (Débora Giestas Fernandes e Roberto Cézar Fernandes) em Vila Velha 1 ainda criança, pois eles ensaiavam o grupo de crianças e o de adolescentes. Presenciou o “nascimento” de vários hinos e cânticos, tais como:

  • Amigo Perfeito – (Mariana Campeão, Débora, Betinho e Andreza)
  • Cada dia que eu vejo o sol – (Débora e Betinho)
  • Cristo caminhava em direção à cruz – (Débora e Betinho)
  • Eu sou o alfa – (Débora, Betinho e Andreza)
  • Eu te amo, meu Jesus (Amadeu Loureiro Lopes e Roberto Cézar Fernandes)
  • Onde está o Cordeiro? (Amadeu Loureiro Lopes e Roberto Cézar Fernandes)
  • Oh! Quão bom e quão suave é – (Amadeu Loureiro Lopes e Roberto Cézar Fernandes)
  • Onde estaria eu? – (Roberto Cézar Fernandes)

Fonte: A Colaboradora

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *