Jardim do Éden

HistóriaLetraInformaçõesRecursos e Partituras

Jardim do Éden

Letra e Música: Patrick Dugan, 1982

A respeito deste lindo cântico, conta-nos o compositor e pastor Patrick Dugan:

Vem para as Águas – Grupo Vida Abundante

“Em 1982 Grupo Vida Abundante estava preparando um novo disco, nosso segundo. Estive sempre a procura de ideias musicais e temas pertinentes. Minhas composições sempre começam com a parte musical, a parte mais difícil para mim. Brincando no violão, gostei de uma progressão de acordes e criei uma pequena melodia para acompanhar. Esta frase musical sugeriu para mim um tema um tanto saudosista e logo me via cantando a frase “Jardim do Éden”. Daí comecei a pensar sobre a tragédia da queda humana. Ocorreu-me que Adão e Eva certamente contou a história do “antes e depois” da queda para o seus filhos e decidi colocar Adão como narrador da história, compartilhando-a com seu filho. Lembro-me da reação das pessoas, até de não cristãos, no estúdio em São Paulo quando pela primeira vez ouviram a música, e tenho observado que sempre toca nas emoções para onde cantamos. E este tema deve nos comover ao pensar sobre o estrago que o pecado fez e ainda faz.   Felizmente, a história que a música conta não é o fim; o resto da Bíblia revela o grande plano da restauração em Jesus Cristo culminando numa nova humanidade vivendo num novo “jardim” (Apoc. 22.1-5).[1]

Patrick Dugan é missionário no Brasil, juntamente com sua esposa Nedra, desde 1974. É bacharel em Missiologia pela Bethany Global University. Ministra seminários em igrejas ao redor do Brasil. Patrick e Nedra são os fundadores do Grupo Vida Abundante (www.grupovidaabundante.com.br), que tem atuado na proclamação do evangelho por meio da música.

Robson Junior

[1] DUGAN, Patrick. Jardim do Éden. Mensagem recebida por <robsonjosesantosjunior@gmail.com> em 26 out 2017.

Jardim do Éden

Letra e Música: Patrick Dugan, 1982

Filho meu eu vou contar uma história pra você.
Uma história linda, mas, infeliz de um jardim que abandonei.
Não faltava nada em nosso lar, tudo Deus concedeu.
Uma arvore só para pra não tocar, uma prova que Deus nos deu.

Coro:
Jardim do Éden, Jardim do Éden;
Entre dois rios de água azul, debaixo do sol na floresta saiu,
Andando com Deus no amanhecer, vendo com Ele o sol nascer…

Mas, Eva tocou, e eu também, nosso amor falhou
Pecamos contra o nosso Pai, do Éden nos expulsou.
Voltamos logo querendo entrar, voltar a comunhão,
Mas, um anjo brilhante nos impediu, pecado faz separação.

Às vezes à noite eu posso ouvir, talvez seja um sonho meu,
A voz de Deus chamando “Filho, volte aos braços meus”.
Então, em sonho voltamos lá, para o mesmo belo lugar,
Ouvimos a voz do nosso Deus e andamos sem parar…

Jardim do Éden

Letra e Música: Patrick Dugan (1947)

Data da composição: 1982

Primeira linha da primeira estrofe: Filho meu eu vou contar uma história pra você.

Primeira linha do coro: Jardim do Éden, Jardim do Éden;

Título original: “Jardim do Éden”

Fonte original: LP Vem para as águas – Grupo Vida Abundante, 1982. (Faixa 07)

Álbuns: 

  • LP Vem para as águas – Grupo Vida Abundante, 1982. (Faixa 07)

Referência Bíblica: Gênesis 2

Áudio:  LP Vem para as águas – Grupo Vida Abundante, 1982. (Faixa 07)

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Pr Gilson Sousa disse:

    O compositor foi muito inspirado nesse louvor, pela narrativa da história antes e depois da queda do homem contada por Adao.
    Eu particularmente aprecio muito este louvor e todas as vezes que ouço, lágrimas me vem aos olhos, por meditar nas nas suas palavras, especialmente as palavras da última frase: “e andamos sem parar”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *