Cristo vem me buscar

HistóriaLetraInformaçõesRecursos e Partituras

Cristo vem me buscar (Maranata! O Senhor Jesus Vem!)

Letra e Música: Rosimery Henriques Gomes, 1967

Acerca do tão conhecido hino “Cristo vem me buscar”, a autora, Rosimery Henriques Gomes nos conta:

Em 29 de Junho de 1967 na Igreja Presbiteriana de Guarús, bairro de Campos dos Goytacazes/RJ, membro da Diretoria da União de Mocidade Presbiteriana, convidei o Pr. Gedelti Gueiros[1] para vir falar à igreja. Ele pregou por 4 dias sobre “A Queda da Grande Babilônia” e “Os Quatro Adventos da Vinda de Cristo”. Falou de Gênesis a Apocalipse, com Jornais e Revistas (Manchete, Cruzeiro, etc.) reportagens comparando profecias de Daniel às do livro de Apocalipse e encerrou com o arrebatamento da igreja. A respeito dele, o Pastor Presbiteriano mais conceituado que fundou o presbiterianismo na região, Rev. Benjamim Lenz de Araújo Cézar (1901-1979) afirmou: Este é o profeta dos últimos dias! Fui tão edificada que o Senhor me deu hinos referentes às mensagens.”[2]

A autora, Rosimery Henriques Gomes nasceu em 21/05/1948 em Praça de João Pessoa, 5.º Distrito de São João da Barra, hoje passou a ser São Francisco do Itabapoana/RJ. Criada em lar evangélico, apresentada ainda criança à Igreja Presbiteriana do Brasil, ia para a Escola Bíblica Dominical de carro guiado por carneiro. Rosimery tem vários hinos e cânticos escritos.

Este hino é, sem dúvida, um clássico da música sacra evangélica no Brasil, cantado em diversas denominações, publicado na Coletânea de Hinos da Igreja Cristã Maranata, no Hinário “Cantai Todos os Povos”, da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil, com arranjo do maestro e pastor João Wilson Faustini, que nasceu em 20/11/1931 na cidade de Bariri/SP. O cantor Luiz de Carvalho (1925-2015)também registrou este hino em sua coleção de gravações pela Gravadora Bompastor.

Rosimery nos conta que esse hino foi escrito em 1967 mas ficou guardado por dois anos. Um dia, viajando com seu pai, Pr. Joaquim Martins Gomes (1918-1993), entoando louvores à Deus, ela se lembrou completamente das palavras e melodia que havia escrito.[3]

Robson Junior

[1]  . O pastor Gedelti Victalino Teixeira Gueiros nasceu em 19/11/1931 na cidade de Bom Jesus do Itabapoana/RJ. Sobrinho do hinógrafo Rev. Jerônimo Gueiros (1880-1953). O pastor Gedelti tem acurado gosto musical e uma participação imensa na formação do acervo hinológico da Igreja Cristã Maranata, assim como sua esposa, Jurama Barros Gueiros, que é exímia adaptadora de letras de hinos, pianista, organista e acordeonista.

[2]GOMES,Rosimery Henriques. Mensagem recebida via WhatsApp por Robson José dos Santos Junior em 13 fev 2017.

[3] GOMES,Rosimery Henriques. Mensagem recebida via WhatsApp por Robson José dos Santos Junior em 27 jun 2017.

Cristo vem me buscar (Maranata! O Senhor Jesus Vem!)

Letra e Música: Rosimery Henriques Gomes, 1967

Cristo vem me buscar,
Para o céu me levará,
O Cordeiro prometido voltará. 

Coro:
Oh! Glória, aleluia! Maranata, vem Jesus!
Estou coberto pelo sangue dessa cruz;
Tenho o Consolador, sua glória e esplendor,
Sou liberto pelo poder do Senhor.

Ele manda atento estar,
Vigiar e sempre orar
Para o toque da trombeta escutar.

Oh! Que gozo vou sentir
Com os anjos a cantar,
Pois com Cristo para sempre vou morar.

Cristo vem me buscar (Maranata! O Senhor Jesus Vem!)

Letra e Música: Rosimery Henriques Gomes (1948)

Ano da composição: 1967

Título original: “Maranata! O Senhor Jesus Vem!”

Nome da melodia: MARANATA

Primeira linha da primeira estrofe: Cristo vem me buscar,

Primeira linha do coro: Oh! Glória, aleluia! Maranata, vem Jesus!

Fonte original: Coletânea de Hinos da Igreja Cristã Maranata

Referência Bíblica: Apocalipse: 22.20

Áudio: CD Meus Hinos Queridos – Volume 3, Luiz de Carvalho, 1993. – Usado com permissão

Você pode gostar...

16 Resultados

  1. Romildo disse:

    Magnífico. ..linda história perfeito

  2. Janine disse:

    Eu me lembro dessa família de Campos/RJ.
    No início da ICM, éramos em números reduzidos e todos se encontravam sempre no Maanaim.
    Os meus pais conheciam, praticamente todos.
    Eu, criança, escutava falar nos nomes das pessoas e recebiamos muitos irmãos em nossa casa e também, na dos meus avós Abílio e Sarah.

  3. ELIANE FERREIRA PEREIRA disse:

    Robson muito bom, adorei, é muito bom saber sobre a história de um louvor lindo como este.

  4. Eloisa Malavasi disse:

    Que experiência maravilhosa. Deus levantou o PR. Gedelti para anunciar que Jesus vai voltar. MARANATA!ORA VEM SENHOR JESUS!

  5. Paulo Sérgio da Vitória disse:

    Bom coisas assim pequenas mas de conteúdo e entendimento Deus te abençoe

  6. Marinho disse:

    Simplesmente muitíssimo enriquecedor. Vejam que Geldeti pregou o4 dias seguidos e hoje não podemos pregar dois dias seguidos tolindo a atuação do ESPÍRITO SANTO. Como era ótimo vivermos para o SENHOR naqueles tempos. APDSJC prá tds

  7. Gilson Pereira de Sousa disse:

    Fiquei maravilhado com o testemunho da compositora do hino. Aprendi este louvor em 1972, na ICM de Ataide, Vila Velha, quando ainda era solteiro e namorava com Célia. Eu ainda não havia saído da Igreja Presbiteriana. Vim para a ICM em 1977. Enfim, recebi uma benção com este testemunho.

  8. Um hino atual que está de acordo com a doutrina. Vigiar, estar atento, para escutar o toque da trombeta “breve”.

  9. Elias de Carvalho disse:

    Robson, parabéns, fiquei impressionado com a história do hino e tb da compositora. Eu confesso que não sabia quem era autor de tão belo hino. Obrigado por nos presentear com esses fatos históricos. Que Deus continue te abençoando nesse Ministério.

  10. Ana Claudia Rosa disse:

    Trabalho de grande valor realizado com muito amor e ética por um servo dedicado a uma Instituição maravilhosa que faz o resgate de muitas almas feridas! Em particular a minha família. Tenho eterna gratidão aos amados irmãos e ao Dr Gedeti Gueiros, meu querido Amigo!

  11. Carmen Sílvia Musa Lício disse:

    Lindo! Esta música acompanhou-me por muitos anos na minha mocidade…

  12. João da Mata Rodrigues disse:

    Historias assim é que nos dá a certeza de que essa Obra maravilhosa nos indica com segurança o caminho da salvação: o Senhor Jesus.
    Robinho, sou entusiasta de trabalho como esse que você faz, meu irmão, resgatando a nossa história através das experiências com o louvor. É através do louvor revelado que glorificamos ao nosso Deus em temor.

  13. Sérgio Antônio disse:

    Muito oportuna a postagem deste conteúdo histórico e profético. É como se mergulhássemos, nos remetendo ao passado e fôssemos testemunhas do momento em que estes fatos narrados acima, estavam acontecendo. Complementa, a todas estas sensações, os comentários acerca do histórico do Louvor. Comentários de vidas, que se identificam com o profético contido no Hino.
    Maravilhoso!!!

  14. João E Cidade Neto disse:

    Belo trabalho de resgate e preservação da história. O testemunho da autora é edificante. O hino fala do momento profético. Maranata! O Senhor Jesus vem.

  15. Edilson Rocha Dias disse:

    Maravilha! Que bom constatar que a boa mão do Senhor tem nos conduzido sempre! Louvor revelado em um momento especial que se perpetua e permanece com uma mensagem atualizada e vibrante pela volta do Senhor Jesus! Parabéns Robson pelo brilhante trabalho de grande valor espiritual!

  16. Jansen Gomes Monteiro de Barros disse:

    Sou abençoado por ter nascido em um lar evangélico na ICM e por ser filho de Rosimery Henriques Gomes ( compositora desse lindo hino) , que tem sido instrumento de louvor não só no Brasil , mas em outros países , línguas e denominações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *