Buryl Red

Biografia e Hinografia

Buryl Red (1936-2013)

(Especial para “Hinologia Cristã”)

Biografia

Buryl Red

Nasceu em 7 de outubro de 1936, em Little Rock, Arkansas (USA) (Dicionário de Música Evangélica, pp. 148 e 170).

Compositor, arranjador, orquestrador, regente e produtor norte-americano.

Estudou na Baylor University (1957) e na escola de música da Yale University (1961).

Foi editor musical na Holt, Rinehart and Winston, e produtor fonográfico. Proprietário e diretor da BR Productions (1970-1974) e da Generic Music (1990). Presidente da Triune Music, Trigon Music e Triangle Records (1974). Diretor musical da igreja batista em Manhattan, New York (1962-1971). Consultor da comissão de rádio e televisão da convenção batista do Sul dos EUA (1970). Diretor do coro masculino “The Century men” (1969) e do “Spring Street”, programa evangelístico televisivo da junta de missões nacionais da SBC. Membro da comissão do “Baptist Hymnal” (1975). Apresentou, pela primeira vez, na televisão chinesa, um programa de música religiosa cristã (1989). Orquestrador e arranjador para teatros na “Broadway”, em New York.

Faleceu em 1º. de abril de 2013.

Obras musicais

“Hello, World” (1969), “Celebrate Life” (1972), “Lightshine” (1972), “It’s Cool in the Furnace” (1973), “Beginnings” (1974), “Reconciliation” (1975), “Revolutionary Ideas” (1975), “Acts” e “Christmas Time”.

Hinografia

Compositor dos hinos “Let the song go round the Earth” (no. 306-BH), “For the beauty of the Earth” (no. 49-BH), “Give to the winds yours fears” (no. 224-BH), “His look, his gentle look” (no. 318-BH); “Forgiven” (no. 341-TBH), “In Remembrance” (no. 365-TBH) e “For Thine is the kingdom” (no. 659-TBH).

Publicou mais de 1.600 composições e arranjos.

Homenagens

Recebeu doutorados honorários do “William Jewell College” (Liberty, Missouri) e do “William Carey College” (Hattiesburg, Mississippi).

 Ganhou um prêmio “Emmy” (NBC) pelo documentário sobre o recital na televisão chinesa.

Buryl Red no Brasil

 Em 1977, dirigindo os “The Centurymen”, visitou Recife, Rio de Janeiro, Curitiba e São Paulo; em Brasília, na Igreja Memorial Batista (ver: OJB, 18 maio 1975 e 17 abril 1977), cantaram hinos de Hassler e Watts.

 Voltaram em 1998 (Recife, Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, Vitória e Manaus); na Igreja Memorial Batista (ver: OJB, 28 set 1998).

 Sua regência mostrou-se “expressiva, com gesticulação bem articulada; moldou as vozes dos coristas nas tonalidades e nuances sonoras adequadas”.

Brasília, DF, em 15 de março de 2016.

Rolando de Nassau

© 2016 de Rolando de Nassau – Usado com permissão

Fotografia extraída de: (http://silvio-araujo.blogspot.com.br/2013/05/morre-aos-76-anos-o-compositor-e.html)

(1936-2013)

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *