Bill H. Ichter

Bill H. Ichter

Biografia

William Harold Ichter nasceu em 11/12/1925 nos Estados Unidos, mas dedicou 35 anos de sua vida ao trabalho missionário no Brasil. Atuou nos arranjos e revisão das fontes do Cantor Cristão. Trabalhou por 10 anos com a Junta de Missões Mundiais ocupando vários cargos, inclusive de assistente do Executivo.

Em agosto de 1990, ele e sua esposa, a doce irmã Jerry (tradução do hino 185 HCC) saíram do Brasil – se aposentaram em Junho do mesmo ano, voltando para a outra América, pois o serviço missionário tinha terminado por aqui. Lá durante oito (8) meses serviram como “Missionários locais”, no Centro de Treinamento Missionário da Junta de Richmond, a mesma que o sustentou no Brasil – convivendo com missionários recém nomeados.

Também por nove anos foi Ministro para pessoas de Terceira Idade, na PIB de Minden, Louisiana, uma igreja vibrante com mais de 2.000 membros, onde 500 estão com mais de 55 anos. Dirigiu o Coro deste grupo e com o mesmo viajou, cantou em diversas reuniões levando também um conjunto de sinos e um pequeno conjunto de Dulcimers.

No Brasil, ele deu aulas de música no Seminário do Sul/STBSB, para os alunos de Teologia. Ainda não existia o Curso de Música Sacra.

Organizou e dirigiu o Departamento de Música da Junta de Escolas Dominicais e Mocidade, que hoje depois seria a Superintendência de Música da JUERP. Dirigiu o Coral de 11.500 vozes que participou da cruzada Billy Graham no Maracanã em 1974.

Durante anos muitas dezenas de partituras e livros e coleções saíram das mãos deste valoroso missionário, como cantatas, oratórios, antemas corais, arranjo para vozes femininas e masculinas e músicas avulsas. Os livros textos tinham como foco Hinologia, melhor ensino e canto congregacional tais como os quatro volumes de Se os hinos falassem, o livro Vultos da música evangélica no Brasil, de sua autoria, além de outros tais como A música e seu uso na Igreja que é uma compilação com vários autores. Bill pensou em todas as áreas musicais que nosso país precisava. Estas obras podem ser encontradas em várias bibliotecas e igrejas mais organizadas, que possuem um acervo bem arrumado.

Bill Ichter casou com Jerry Catron Ichter em 1949. Tiveram quatro filhos, Alana, Alan, Carlos e Nelson e estes dois últimos nasceram no Rio de Janeiro.

Bill faleceu em 29/08/2019 nos Estados Unidos.

Westh Ney Luz

Texto baseado no artigo Nossos Músicos: Bill Ichter, publicado em 2009, na Revista Louvor.

Bibliografia consultada:
• Mulholland, Edith – Notas históricas do HCC. Rio de Janeiro: JUERP, 2001
• Correspondência por e-mail, em outubro de 2008, entre Bill Ichter e autora do artigo

(Biografia revisada e autorizada pelo próprio Bill H. Ichter em 21 de julho de 2015)

 

Se os Hinos Falassem – Antologia – Bill H. Ichter

 

Simplicidade e Sinceridade – Eduardo Lakschevitz

 

 

Bill H. Ichter, um regente vascaíno e o mais brasileiro dos americanos – Silvino Netto

Autobiografia ou Lembranças de Bill H. Ichter

Tom de passagem – Ivo Seitz

O Significado da Missão de Bill H. Ichter – Roberto Torres Hollanda

Bill Ichter, o Hinólogo – Ivo Seitz

 

(1925-2019)

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Cleide Manoel Gossi disse:

    Como é bom conhecer a história dos autores de hinos tão belos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *