Barquinho

HistóriaLetraInformaçõesRecursos e Partituras

Barquinho

Letra: Edson Cézar da Silva, 1970
Música: Paulo Cézar da Silva, 1970

Conta-nos o Pr. Paulo Cézar da Silva, idealizador do Grupo Logos:

“A música chama-se “Barquinho”. Éramos bem jovens… Por volta de 21 e 20 anos… Eu e meu irmão Edson Cezar, que é missionário entre os índios Yanomames há aproximadamente 36 anos – pois ele foi para a mata, exatamente quando estávamos começando o Logos, estávamos fazendo um passeio à praia de Muriqui-RJ e fomos visitar uma cachoeira na região e ali, experimentamos momentos lindos na presença do Senhor. Deus havia convertido bem recentemente os nossos corações e isso estava nos movendo intensamente… Em um desvio menor de toda a intensidade daquela água, estávamos assentados jogando pedacinhos pequenos de gravetos secos na correnteza que os conduzia por entra as pedras arredondadas e outros obstáculos naturais daquele leito. Então em minha mente se formou um pensamento sobre o paralelo da experiência daqueles gravetos vivendo seu curso ante os obstáculos, como pequeninos barcos, e a minha vida, meus momentos, meu curso e minhas reações…  Então, compartilhei isto com o mano e escrevemos juntos sobre a segurança e provisão de Deus para nós e para tantos quantos vivem em Sua dependência e cuidados. N’um pensamento puro, simples e por que não dizer, infantil, essa essência pode ser descrita como verdade absoluta para qualquer que já seja maduro para vivê-la. Deus é fiel!”[1]

Este cântico foi gravado pelo Coro Kolina, sob regência do Maestro Eduardo Lakschevitz, no ano 2000.

Robson Junior

[1] . SILVA, Paulo Cézar da. Uma surpresa boa ao Pr. Paulo Cézar – Arranjo para um hino. Mensagem recebida por <robsonjosesantosjunior@gmail.com> em 16 ago 2017.

 

Áudio: LP Portas Abertas – Grupo Logos, 1987. (Faixa 04) – Usado com permissão

Áudio: CD Coro Kolina – Reg. Eduardo Lakschevitz, (Faixa 07) – Usado com permissão

Barquinho

Letra: Edson Cézar da Silva, 1970
Música: Paulo Cézar da Silva, 1970

Vede! Cautelosamente,
vai um barquinho a vagar;
e o vento que é o seu motor,
não o deixa parar.
Minha vida é assim, também:
Não vive no mar, mas vive a vagar;
sou como um barquinho cruzador,
mas quem me conduz, é o Senhor.

 

Barquinho

Letra: Edson Cézar da Silva

Música: Paulo Cézar da Silva (1950)

Letra e Música: Paulo Cézar da Silva (1950)

Data da composição: 1970

Primeira linha da primeira estrofe: Vede! Cautelosamente,

Título original: “Barquinho”

Fonte original: LP Portas Abertas – Grupo Logos, 1987. (Faixa 04)

Álbuns: 

  • LP Portas Abertas – Grupo Logos, 1987. (Faixa 04)
  • CD Coro Kolina – Reg. Eduardo Lakschevitz, (Faixa 07)

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Paulo Cezar disse:

    Lindo demais!
    Parabéns ao arranjador Eduardo Lakschevitz e ao Coro Kolina pela interpretação impecável
    dessa obra. Deus seja louvado.
    Paulo Cezar

  2. Talita Thomaz Vieira Baeta Neves disse:

    Que lindo!!! Esse louvor fez parte da minha infância e família! Muito feliz em conhecer a história!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *