A Palavra de Deus é a Verdade

HistóriaDocumentaçãoLetraInformaçõesPartituras e Recursos

A palavra de Deus é a Verdade

Letra: J.W.F.* Música: João Wilson Faustini, 1977

João Wilson Faustini é certamente um dos mais respeitados músicos nos últimos cem anos do evangelismo brasileiro e possivelmente um dos primeiros ministros de música ordenado por uma igreja evangélica brasileira. Com uma rigorosa formação musical nos Estados Unidos, influenciou toda uma geração de músicos evangélicos brasileiros. Ao lado de músicos como Juan Pablo Sosa e Hora Diniz Lopes, certamente é um dos mais importantes nomes da música evangélica na América Latina, tendo angariado grande admiração no Brasil e Estados Unidos. Faustini nos conta:

“Um dia, no ano de 1977, ganhei de uma corista um Novo Testamento pequeno em edição especial. Enquanto aguardava meus alunos de canto, fazia a sua leitura. Ao ler o Evangelho de João, as palavras tiveram um efeito descomum e transformador em minha vida. Foi uma nova experiência com Deus, dois anos depois que eu havia sido ordenado o primeiro ministro de Música da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil (IPIB). Logo depois desta experiência com Deus, tentei descrevê-la nas palavras e depois na música que compus. O resultado foi este hino, que foi publicado logo depois na coleção “Sempre Louvarei” em 1982.”¹

A letra do hino é baseada é vários trechos das Escrituras Sagradas, tais como: Salmos 119.142, 106; 1 Tessalonicenses. 5.20; João 14:3; II Pedro 2.12.

Este hino fala de uma experiência religiosa muito própria dos ambientes pietistas tão influentes na espiritualidade evangélica brasileira. A tradição pietista dos evangélicos brasileiros foi herdada dos missionários norte-americanos que trouxeram a fé protestante ao Brasil na segunda metade do século XIX. Uma nova experiência que acontece entre aquelas pessoas que nasceram e foram criadas no ambiente evangélico e que num determinado momento, num momento epifânico especial em sua jornada espiritual, têm um transformador encontro pessoal com Cristo. Como Charles Wesley, um dos fundadores do metodismo, em sua experiência de conversão, Faustini, como músico que é, busca imediatamente colocar em letra e música a nova experiência religiosa que acaba de ter. Caracteristicamente, como um bom ministro dentro da tradição reformada, ao testemunhar tal experiência o faz em termos de um encontro com a Palavra de Deus nas Escrituras Sagradas. É evidente a primazia de pelo menos quatro dos cinco fundamentos da tradição Reformada Protestante, lidas por Faustini desde a perspectiva pietista: Sola Scriptura (só as Escrituras): “A Palavra de Deus é a Verdade”, Solo Christus (só Cristo): “A Palavra de Deus é a Verdade, revela ao mundo a salvação”, Sola Gratia (somente a Graça): “Cristo nos trouxe o resgate e o perdão”, Sola Fide(somente a Fé): “A palavra de Deus é a verdade, e nela hei de por minha fé”, Soli Dei Gloria(somente para a Glória de Deus – a única sola ausente no poema). Finalmente, é surpreendente num teólogo presbiteriano a ênfase escatológica que permeia o poema sacro numa perspectiva apocalítica muito próxima da dispensacionalista (“Se fordes fiéis nestes dias, por Cristo levado sereis!). Como a experiência religiosa de Faustini descrita por ele em versos se dá dentro dos difíceis anos da década de 1970, não teria ele sido influenciado pela leitura pessimista da história tão comum aos ambientes premilenistas (Talvez o final já esteja, mais próximo do que esperais!)? Pode ser que sim, pode ser que não. Quem sabe?

[*Paulo Ayres Mattos, ministro aposentado da Igreja Metodista, Ph.D. em Teologia (Drew University, Madison, NJ, USA)].

Notas: ¹ .Faustini, João Wilson. Histórico do hino A Palavra de Deus é a Verdade. Mensagem recebida via Facebook por Robson José dos Santos Junior, em 18 nov 2016.

As partituras editadas, atualizadas e aprimoradas encontram-se na aba “Recursos e Partituras”. Toda partitura da aba “Documentação” é publicada a fim de comprovar os autores/tradutores/arranjadores/adaptadores das devidas obras musicais.

A Palavra de Deus é a Verdade 

Letra: J.W.F.*

Música: João Wilson Faustini, 1977

1. A Palavra de Deus é a verdade,
Revela ao mundo a salvação;
Ela é fiel para sempre,
Guardei-a no meu coração.
Procuro sempre estuda-la,
Aceito-a como ela é,
Procuro também divulga-la,
E nela hei de por minha fé.

Estribilho:
A palavra de Deus é a verdade,
E nela hei de por minha fé.

2. A Palavra de Deus é promessa
Aqueles que Ele resgatou;
Nela encarnou-se a esperança
Que o homem com fé procurou.
Lembrai-vos das profecias
E a elas não desprezeis.
Se fordes fiéis nestes dias
Por Cristo levado sereis!

3. Vindo é o tempo dos falsos doutores
E de heresias, perdição,
Muitos já negam que Cristo
Nos trouxe o resgate e o perdão.
Cuidado! A postos, Igreja!
Por que não vos preocupais?
Talvez o final já esteja
Mais próximo do que esperais!

* Sl. 119.142, 106; Ts. 5.20; Jo. 14:3; II Pe. 2.12

A Palavra de Deus é a Verdade

Letra: João Wilson Faustini (1931) baseada em vários textos bíblicos

Música: João Wilson Faustini (1931)

Data da composição: 1977

Título original em Português: “A Palavra de Deus é a Verdade”

Primeira linha da primeira estrofe: A Palavra de Deus é a Verdade,

Primeira linha do estribilho: A Palavra de Deus é a Verdade

Fonte original em Português: Sempre Louvarei, 1982

Referências Bíblicas: Salmos 119.142, 106; 1 Tessalonicenses. 5.20; João 14:3; II Pedro 2.12.

Arranjadores: João Wilson Faustini, 1977

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *